Projetos de Pesquisa

Dimensão subjetiva e cultural das ambiências: ferramentas etnotopográficas em arquitetura e urbanismo (ETAPA 1)

Coordenado pelas profas. Ethel Pinheiro e Cristiane Rose Duarte. O estudo das Ambiências, visto como interação homem-ambiente-cultura, é de extrema importância para a democratização das cidades, uma vez que contribui para a densidade da análise de cenários urbanos e enfatiza o papel das práticas culturais nas cidades. Partindo do pressuposto de valorização das micro e pequenas escalas de vivência e centralidades urbanas , esta pesquisa busca compreender a importância das experiências sensíveis na construção de sentimentos e de sentidos de pertencimento dos cidadãos. O corpo-a-corpo na cidade, o estar com o Outro é condição para que as pessoas sintam-se integrantes e integradas nos territórios urbanos nos quais vivem. Com isso, acredita-se estar enriquecendo e alargando as possibilidades de compreensão da relação pessoa-ambiência sensível, e criando subsídios para novos paradigmas de intervenção na área da Arquitetura e do Urbanismo. A pesquisa desenvolve métodos de coleta e análise de dados transdisciplinares, assim como busca validar ferramentas desenvolvidas nas últimas décadas por pesquisadores do Laboratório "Arquitetura, Subjetividade e Cultura", do PROARQ / UFRJ, que compõem o conjunto de análises etnotopográficas.

Ano de início: 2011 (PESQUISA GUARDA-CHUVA)

Org. de fomento: CNPq – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico 

Edital: Universal 2011 / Edital MCT / CNPq 

https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/projetoPesquisa/viewProjetoPesquisa.xhtml?popup=true&idProjeto=121699

Pessoa

Linha de Pesquisa

Grupo